Tags

, , ,

"Nós quereríamos ter a fotografia, o DNA, as impressões digitais, etc"

O corpo do ex-chefe da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, não foi jogado no mar, conforme apontou a versão oficial dos Estados Unidos. As informações foram passadas ao jornal espanhol “Público”, nesta quarta-feira, pelo Wikileaks, que divulgou ainda que o cadáver foi levado aos EUA em um avião do serviço de inteligência do país, CIA.

O presidente da empresa privada de segurança Stratfor Global Intelligence, Fred Burton, enviou mensagem na qual dizia: “Fui informado que trouxemos o corpo. Graças a Deus”. O título do e-mail traz as letras “OBL”, sugerindo que sejam as iniciais de Osama Bin Laden.

Em outro e-mail, consta: “(alpha) O corpo esta a caminho de Dover, Delaware, em um avião da CIA”, de acordo com o “Público”, que informou que a Força Aérea norte-americana tem uma base em Dover.

Depois, revela que o “corpo já deveria ter chegado” à cidade e, na conversa seguinte, Burton diz: “Se o corpo foi jogado no mar, coisa que duvido, seria um toque muito ao Adolf Eichmann. A Tribo fez o mesmo com as cinzas desse nazista. Nós quereríamos ter a fotografia, o DNA, as impressões digitais, etc… Seu corpo é como a cena de um crime e não concebo que o FBI (Polícia Federal Norte-americana) e o Departamento de Justiça permitissem semelhante coisa”.

Diferentes foram as informações anunciadas pelo governo dos EUA, que indicaram a ida do corpo de Abbottabad rumo à Carl Vinson, no mar de Arábia, onde foi lavado, enrolado em um sudário branco, posto em uma bolsa carregada com pesos e lançado ao mar, seguindo um ritual islâmico.

Osama Bin Laden foi morto em 2 de maio de 2011 por tropas norte-americanas durante a Operação Lança de Netuno, no Paquistão.
Fonte: SRZD