Comprar sem sair de casa e muitas vezes com promoções especiais para quem compra pela Internet é uma praticidade muito importante no mundo atual que vem seduzindo muito gente.

Uma pesquisa divulgadaem maio desse ano (2012) revelou que 98,3% do total de internautas do País realizaram compras ou vendas online nos últimos 12 meses, segundo a empresa de pesquisas de mercado OH!Panel. O levantamento foi encomendado pelo site de comércio eletrônico Mercado Livre e obtida com exclusividade pelo IG. Foram entrevistados 4.774 usuários com mais de 16 anos entre 23 de abril e 8 de maio.

Entretanto, é preciso ter muito cuidado com alguns golpes comuns no mundo cibernético, principalmente próximo às datas comemorativas em que aumenta o volume de oferta e da procura por produtos e serviços. Com a proximidade do Dia dos Pais,  listamos algumas dicas da Cartilha do Comitê Gestor da Internet sobre os aplicados no comércio eletrônico.

O primeiro tipo de golpe e o mais comum é o  comércio eletrônico fraudulento, normalmente o golpista cria um site fraudulento, no qual as pessoas fazem suas compras e após efetuarem os pagamentos, não recebem as mercadorias.

De acordo com o Comitê Gestor, normalmente para aumentar as chances de sucesso, o golpista costuma utilizar artifícios como: enviar spam, fazer propaganda via links patrocinados, anunciar descontos em sites de compras coletivas e ofertar produtos muito procurados e com preços abaixo dos praticados pelo mercado.

Além do comprador, que paga mas não recebe a mercadoria, este tipo de golpe pode ter outras vítimas, como: uma empresa séria, cujo nome tenha sido vinculado ao golpe; um site de compras coletivas, caso ele tenha intermediado a compra ou uma pessoa, cuja identidade tenha sido usada para a criação do siteou para abertura de empresas fantasmas.

Para esse tipo de golpe existem alguma medias preventivas:

  • Fazer uma pesquisa de mercado, comparando o preço do produto exposto nosite com os valores obtidos na pesquisa e desconfie caso ele seja muito abaixo dos praticados pelo mercado;
  • Pesquisar na Internet sobre o site, antes de efetuar a compra, para ver a opinião de outros clientes;
  • Acessar sites especializados em tratar reclamações de consumidores insatisfeitos, para verificar se há reclamações referentes a esta empresa;
  • Ficar atento a propagandas recebidas através de spam;
  • Ser cuidadoso ao acessar links patrocinados;
  • Procurar validar os dados de cadastro da empresa no site da Receita Federal;
  • Não informar dados de pagamento caso o site não ofereça conexão segura ou não apresente um certificado confiável

Golpes envolvendo empresas coletivas:

Os Sites de compras coletivas têm sido muito usados em golpes de sites de comércio eletrônico fraudulentos, sendo uma das razões que faz esse tipo de serviço liderar lista de reclamações. Só em 2011, foram registradas 45.898 queixas em um único site de reclamações pela internet, um número seis vezes maior do que no ano anterior, com 7.122 reclamações.  Além dos riscos inerentes às relações comerciais cotidianas, os sites de compras coletivas também apresentam riscos próprios, gerados principalmente pela pressão imposta ao consumidor em tomar decisões rápidas pois, caso contrário, podem perder a oportunidade de compra do produto em promoção.

Normalmente os golpistas criam sites fraudulentos e os utilizam para anunciar produtos nos sites de compras coletivas e, assim, conseguir grande quantidade de vítimas em um curto intervalo de tempo.

Além disto, os sites de compras coletivas também podem ser usados como tema de mensagens de phishing. Golpistas costumam mandar mensagens como se tivessem sido enviadas pelo site verdadeiro e, desta forma, tentam induzir o usuário a acessar uma página falsa e a fornecer dados pessoais, como número de cartão de crédito e senhas.

Para esse tipo de golpe existem alguma medias preventivas:

  • Procurar não comprar por impulso apenas para garantir o produto ofertado;
  • Ser cauteloso e faça pesquisas prévias, pois há casos de produtos anunciados com desconto, mas que na verdade, apresentam valores superiores aos de mercado;
  • Pesquisa na Internet sobre o site de compras coletivas, antes de efetuar a compra, para ver a opinião de outros clientes e observar se foi satisfatória a forma como os possíveis problemas foram resolvidos.
Anúncios