logo-copa

Durante a Copa do Mundo de 2014 entrará em funcionamento o Centro Integrado de Proteção ao Consumidor, que busca integrar órgãos federais, autoridades locais e representantes ligados ao mercado para realizar ações de proteção ao consumidor durante o evento.

Entre os objetivos do Centro Integrado de Proteção ao Consumidor, estão o acesso a informações e a orientação aos consumidores, buscando oferecer soluções efetivas e rápidas nos casos de conflitos de consumo, além da fiscalização dos produtos e serviços ofertados pelas empresas.

A principal preocupação está na pronta resolução das questões. A lei estabelece o prazo de dez dias para que os órgãos respondam, tempo, por vezes, longo demais quando se trata de um turista, cuja necessidade de solução é praticamente imediata. A ideia, portanto, é buscar passa por diminuir o tempo de resposta para apenas algumas horas em locais como hotéis e aeroportos.
Fonte: Idec